Ajudem os outros porque nós não precisamos


Foi um início estranho do BENFICA, aos 11” já perdia por 2 – 0 e haviam milhares de anti-benfiquistas a festejar. Puro engano deles, pois aos 18” o jogo já estava empatado e no intervalo já tinhamos dado a volta ao resultado.
Ficou patente que o BENFICA deste ano não se deixa ir abaixo à primeira adversidade… nem mesmo à 2ª. E quando os encarnados marcaram o 1º golo, estava visto que a Naval não iria conseguir impedir que se marcassem mais golos… nem mesmo devido à boa exibição do guarda redes.
Outra coisa que ficou patente é que existem jogadores cansados - Cardozo é o exemplo maior ele nunca foi rápido mas agora está ainda mais lento – mas mesmo assim Jesus não abdica deles pois o campeonato está em 1º lugar.
A segunda parte foi um passeio para o BENFICA e só marcou um golo por pura sorte da Naval. É incrível que Jesus aos 80”, e com o jogo mais que resolvido, ainda estava aos gritos na linha lateral e os jogadores ainda corriam como se tivessem a perder e precisam de vir o resultado.
No final Inácio disse que a Naval não jogou com o autocarro, ainda bem que assim foi e todas as equipas deveriam jogar assim, mas ele que não venha atirar areia para os olhos das pessoas pois só jogou assim porque a Naval está tranquila na classificação e porque foi massacrado a semana toda com a história de que a Naval só joga para defender.


POSITIVO
Rúben Amorim. É daqueles jogadores que quase nem se dá por ele, mas tudo o que fez fez bem.
Weldon. A perder por 2 – 0 era presico alguém aparecer para dar um abanão ao jogo, ele apareceu e marcou 2 golos importantes.


NEGATIVO
Anatomia. Elmano Santos já tinha provado, no Dragão, que não percebe nada de anatomia humana, quando expulsou o guarda redes do Leiria por ter jogado a bola com a cabeça. Agora impediu que Maxi jogasse contra o Sporting, por este ter jogado a bola com o ombro. Acho que está na altura do árbitro voltar à escola.

 

rematado por Preto às 19:08 | rematar | favorito